Rebeca | Ensaio

“Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã.”

- Victor Hugo

Rebeca, minha MAYA.

Primeiro, Daniel escrevendo… Antes de tudo, o resultado da bagaça:

ultimafoto

Ano passado, eu e meu irmão montamos um plano para conseguirmos trabalhar no que almejamos. Nenhum de nós quer trabalhar com trabalhos burocráticos por toda a vida. Pode ser o sonho de muitos, muita gente gosta, mas no fundo sabemos que ficaremos incompletos se pelo menos não tentarmos outra coisa.

Para conseguir, ou ao menos ter um primeiro contato, tivemos a ideia duvidosa maravilhosa de tentarmos vestibular para a faculdade de Audiovisual e Cinema na UnB. Queremos trabalhar com filmes, mesmo que nosso ambiente natural não nos favoreça, pelo menos tentamos.

Na UnB, logo no primeiro semestre, temos uma matéria chamada Oficina Básica de Audiovisual. Basicamente a UnB te explica por alto como uma produção cinematográfica funciona e te obriga a montar uma equipe e elaborar um filme. Não é nada técnico, mas a proposta é fazer a mente de ensino médio dos calouros começar a aprender a trabalhar em equipe.

Eu e meu irmão tivemos uma ideia… Não muito boa. Não há muita história em MAYA, o nosso curta, mas nos desafiamos a elaborar algo que fosse mais técnico. Nos desafiamos a aprender a filmar propriamente com uma câmera, e aproveitar o máximo dela. Nos desafiamos a negociar lugares para filmagem, a correr atrás de objetos de cena, e fugir do lugar comum (boa parte das pessoas acaba fazendo um curta nas dependências da UnB mesmo…), a brincar com efeitos visuais, e até a fazer música e mixagem de áudio (para festivais, todas as músicas de seu filme devem ser originais ou cedidas para uso). Tudo em casa e sem money. Eu já fazia fotografia, mas nunca havíamos filmado nada na vida.

A atriz principal infelizmente não pode completar o filme… Com um trabalho para entregar em poucas semanas e sem possibilidade de entregar algo pela metade, Rebeca topou a parada e refizemos todas as filmagens.

Em uma das cenas, tivemos uma ideia doida de mudar o visual da atriz principal… Radicalmente. Por que não mudar o cabelo dela para branco. Melhor, porquê não pintar ela de branco também?! Peruca? Tinta? PLATINADO???

Perguntei se Rebeca (com seus médios-longos cabelos virgens) toparia platinar o cabelo no meio do filme para a última cena. Como ela queria mudar um pouco o visual, ela topou…. Resumo: eu e meu irmão destruímos o cabelo da minha amada Rebeca. =D. Brincadeira… É só que o platinado precisa de muita manutenção… E tem que ter paciência. Todo o trabalho foi realizado por nosso amigo André Luiz, cabelereiro e maquiador mestre em visuais descolados. O cara fez um mega platinado em UM dia, sem queimar o cabelo!! =)

Não podíamos perder a oportunidade do visual novo e bolamos um ensaio junto!

Afinal, citando relativamente David Fincher: “a dor é temporária, os 3 segundos de filme ficam pra sempre”.

Valeu a pena! Depois fazemos um post da fotografia do filme… Para as fotos!!! 010a 008 009a 007 013vex 011 004 003a 030 028a 032vex 033 035a 036 037 039 041a 025 027vex 024 021 022 023 018 017 015 042 014

5 Comentários

Enviar um Comentário
  • Responder

    Edgar

    109 semanas atrás

    Cara, simplesmente, perfeito esse trabalho!
    Admiro trabalhos feitos com muito empenho, dedicação e criatividade. Mas além de tudo isso vocês denotam muito profissionalismo.
    Parabéns!!! (Que não esboça o tamanho da admiração pelo trabalho)????????

  • Responder

    Elane

    123 semanas atrás

    Dizer o que?! Volta platinadoooo! kkkk Enfim… lindo trabalho, e a modelo dispensa comentários (cabelo, branco, verde, azul… qualquer um fica bem nesse corpithu)! Agora a primeira foto me deixou super curiosa a respeito da película que vocês produziram, principalmente pela atuação dos personagens. Parabéns por tudo! E sou suspeita em dizer que apoio a decisão de fazer o que gosta e acredita, já que mudei de Estado e estou fazendo outro curso pelo mesmo motivo. Parabéns aos dois.

    • Responder

      Elane

      123 semanas atrás

      Há como comentário da minha mãe ao ver as fotos ” noooosssa a Bebeckinha é tão bonita. Que rosto lindo. Ela podia ser modelo negrinha… há, vocês duas”!

      • Responder

        Rebeca Gomes

        123 semanas atrás

        Laneeeee!
        Sua mãe é uma graça! hahaha
        Estamos esperando o resultado de alguns concursos que inscrevemos o curta Maya. Quem sabe, né?!
        Bjuuuuuu

  • Responder

    Guilherme

    123 semanas atrás

    Texto top mano… Parabéns pelo filme mais uma vez e que vcs tenham muito sucesso nessa vida! huuuuuu

Deixar resposta para Edgar Cancelar Resposta

Seu precioso comentário!